Greve dos Bancários em Itabuna: Bradesco inova com carta fura-greve e sindicato denuncia banco ao Ministério Público do Trabalho

Manifestação do Sindicato no segundo dia de greve contra o assédio moral no Bradesco Urbana, agência localizada na Praça Adami, em Itabuna

Depois do britânico ” HSBC utilizar desde 2009 a chamada “carta fura-greve”, o Bradesco aqui em Itabuna resolveu utilizar do mesmo famigerado expediente. Desconhecendo e desrespeitando o direito de greve, o “banco que faz o que o Diabo gosta” na tarde de ontem impôs aos bancários em greve que de próprio punho escrevessem uma carta expressando a idéia que estão sendo impedidos de adentrar as agências. O objetivo de tal empreitada é municiar os advogados do banco com tal  testemunho nas ações possessórias, onde as liminares dos incabidos interditos proibitórios são solicitadas.

“Tal prática qualifica-se como  assédio moral, além de ser um franco atentado ao direito de greve. Sem falar que é a consitutição fraudulenta de uma prova, de um testemunho, o que certamente é uma conduta criminosa. A ninguém é permitido o direito de determinar a outrem que profira inverdades ou constitua prova contra si mesmo”, denuncia Jorge Barbosa, presidente do Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região.

O Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região move desde 2009 através do Ministério Público do Trabalho (MPT) uma ação contra o Bradesco por práticas anti-sindicais. Este fato já foi comunicado ao MPT, ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e a Justiça do Trabalho.

Tal acontecimento deve ser repudiado pelos bancários e todo cidadão de bem, uma vez que num momento onde tanto se discute princípios éticos e corrupção esta atitude é totalmente imoral. 

Cabe a reflexão: se os banqueiros baixam tanto o nível em função de uma greve, imaginem do que eles são capazes em nome do lucro e da apropriação do capital?

Contudo, apesar de toda a arrogância e de todas as manobras, a greve continua  até que os representantes dos bancos privados e públicos apresentem uma proposta digna de acordo com a categoria bancária.

Conheça o teor da  carta “fura-greve” do Bradesco

CARTA DO BRADESCO

 Itabuna, 28 de Setembro de 2011

Eu………………………………, brasileiro, portador do RG …………….. e CPF………………., bancário, declaro para devidos fins, que fui impedido de exercer minha atividade de trabalho, pois estava tendo manifestação de tal classe, do Sindicato do mesmo, na agência ……(…..). Sendo impedido pelo mesmo nesta data.

Por ser verdade, firma o presente.

Nome do Bancário

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: