Classificados do Língua de Fogo

CARROS à venda

 Novo Palio ELX 1.4  2007\2008 completíssimo, computador de bordo, farol de milha, 40.000,00km rodados, conservado, pneus novos! Oportunidade! Contato: Leo Lima (73)8801-3524

POLO HATCH 1.6, 2008/09, conservadíssimo, prata (sintético),ar condicionado, travas e vidros  elétricos com películas, direção hidráulica, sensor de estacionamento, computador de bordo, DVDplay, 45.000 km rodados, Contato: 8835­2284 ­ Chicão


		
Anúncios

Hoje é Dia Nacional do Saci no Brasil – Halloween é nos EUA e é outra história

31 de outubro – Dia Nacional do Saci

Nesses dias em que a mente colonizada celebra o Dia das Bruxas (que é uma bonita festa nos EUA), nós, recuperando nossos velhos mitos, celebramos o Dia do Saci. E para quem não conhece a história desse negrinho de uma perna só, que carrega o barrete vermelho da liberdade e fuma um petenguá, segue a belíssima produção de Rudá K. Adrade e Sylvio do Amaral Rocha: Somos todos Sacys.
Vale a pena ver o filme inteiro… é bonito demais! Viva o saci!!!

Marcel Leal escreve: Descapacitação

Só a prefeitura de Itabuna faz de conta que não enxerga a crise que se abate sobre a cidade e sua população.  O comércio local está quebrando, a saúde perdendo clientes para outras cidades, as condições para novos investimentos não  existem.
Uma multidão, que antes vinha tratar de sua saúde em Itabuna, não vem mais. Várias cidades da região ganharam equipamentos e serviços de saúde que antes não tinham, graças ao trabalho do governo do estado.

Cidades que não tinham maternidade, hoje tem; que não tinham internamento, hoje tem. Salvador e Feira melhoraram a delas, atraindo pacientes.  Some a isso a péssima imagem que a saúde de Itabuna tem hoje no estado.
O Hospital de Base, que já foi referência, hoje é um enorme cabide de empregos, tem uma diretoria formada por indicados políticos sem competência, a infraestrutura toda sucateada, faltam medicamentos, insumos, médicos e materiais básicos, falta vergonha na cara.
Com isso, não só os pacientes, mas as famílias que vinham junto pela duração do tratamento, deixam de comprar no comércio local.
Que ainda perde vendas pela falta de estacionamento, que se tornou crítica, pela sujeira nas ruas, o som abusivo no centro. São incômodos que acabam mudando os hábitos de consumo das pessoas.
Quem tem comércio no bairro, como no São Caetano e Califórnia, não vai mais ao centro. Quem vinha comprar em Itabuna hoje prefere ir a Conquista e Santo Antônio de Jesus. Os ilheenses se limitam ao shopping, ilha de conforto no meio do resto.
Não é a toa que as lojas e empresas de serviços estão apertadas, atrasando muito seus pagamentos e sem investir. Seus atrasos afetam outras empresas, num efeito dominó que se reflete no emprego, de desempenho ridículo nos últimos anos; na falta de inovação e ampliação.
Ao invés de cumprir sua obrigação, a prefeitura aposta no pão e circo (muito mais circo do que pão).
Sua equipe visa apenas manter seus rendimentos, nem sempre honestos, e a reeleição em 2012, para mais quatro anos enchendo bolsos indevidos e esvaziando a cidade.
Itabuna pode até crescer em população, mas a qualidade das pessoas que estão mudando para outras cidades é alarmante. São empresários, engenheiros, arquitetos, administradores que fazem diferença.
Se nada mudar, Itabuna vai acabar sendo uma cidade de descapacitados, perdendo o que resta de competentes para outras cidades.
O grave é que entidades como ACI, CDL, Rotary, Lions, Maçonaria, se omitem e fazem de conta que está tudo ótimo, seja por amizade com quem está no poder, por covardia, por interesse pessoal ou porque não precisa usar nada público e tem dinheiro suficiente para não depender da economia local.
São míopes, porque uma hora a situação vai afetar seus negócios, sua renda, qualidade de vida de sua família.
Amo Itabuna, mas alerto que a Itabuna que amo está se acabando. Fica o aviso.

Fonte: http://www2.uol.com.br/aregiao/art/carta.htm

Saiu no Pimenta: índices vergonhosos de Itabuna são destaque da Veja

Itabuna aparece como campeã em mortalidade infantil (clique na foto para ampliar).

A edição desta semana da revista Veja não doura a pílula. Com base em estatísticas oficiais, traça um panorama dos municípios brasileiros acima de 200 mil habitantes. Nele, Itabuna faz feio. Muito feio! O município é apontado como o campeão de mortalidade infantil e o vice-campeão em homicídios.

O raio-x contempla áreas como saúde, educação, tecnologia, urbanismo, renda, turismo, saneamento e criminalidade. Neste mesmo panorama traçado pela revista, há exemplos na Bahia de como fazer: Camaçari é a vice-líder nacional em geração de empregos. Mas também existem municípios com educação básica muito ruins (Vitória da Conquista é 1º e Feira de Santana, 3º).

Gráfico mostra vice-liderança em homicídios no País.

Itabuna, na área materno-infantil, é comparada pela revista a uma cidade medieval. A revista lembra que o município sulbaiano não possui leito de UTI público e os disponíveis (sete) estão na rede privada. A maternidade Esther Gomes é apontada como insalubre:

– Os retratos dos partos realizados na maternidade Esther Gomes (Mãe Pobre) parecem ter saído das obscuras xilogravuras do artista suíço Jost Amman, da Idade Média. Tais condições podem ter causado a morte de Maria Lohane, ocorrida algumas horas depois de ter nascido, por asfixia. Sua mãe, Maria Regina de Oliveira, não se conforme em não contar com um hospital devidamente equipado para emergências.

O município, lembra a publicação da editora Abril, “tem a maior taxa de mortalidade infantil entre as 106 cidades pesquisadas. Foram 29,4 mortes em cada 1.000 nascidos”. E lembra que, embora precária, Itabuna recebe pacientes de 121 municípios próximos. No crime, a cidade apareceu com taxa de 113,8 mortes por 100 mil habitantes, batida apenas por Marabá (PA), com 125. Vitória da Conquista é a segunda neste item.

Fonte: http://www.pimenta.blog.br/

Ex-bancário assassinado

Conforme divulgou o blog Pimenta, foi encontrado neste domingo, 30, em Ilhéus, o corpo de Cláudio Lemos Lima, que já exerceu dois mandatos de vereador no município de Ibicaraí e era funcionário do TRE ilheense. Segundo o blog Itabuna City, a polícia achou a vítima, esfaqueada, no quilômetro 4 da rodovia Ilhéus – Itacaré, nas imediações do bairro São Domingos.

Claudio Lemos era ex-bancário e trabalhou na agência do Banco do Brasil de Ibicaraí, inclusive como delegado sindical representante do Sindicato dos Bancários de Itabuna.

Aos familiares de Cláudio Lemos nossa solidariedade.

CTB marcha com professores por 10% do PIB para educação

Na última quarta-feira (26), a CTB participou ao lado dos trabalhadores da educação e  estudantes de todod país, de uma caminhada até a Esplanada dos Ministérios  para reivindicar o investimento de 10% do PIB para o setor de educação.

A Marcha em defesa da educação pública, promovida pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação), concentrou-se logo cedo em frente ao Estádio Mané Garrincha saiu, por volta das 10h, pelo Eixo Monumental,  percorreu todo trajeto da  Esplanada dos Ministérios culminando com um grande ato em frente ao Congresso Nacional que contou com a participação de Parlamentares, entidades de âmbito nacional e internacional como as Centrais Sindical da Argentina e Chile dentre outras.

“A CTB, defensora de uma Educação Pública, laica e de qualidade socialmente referenciada, participou destacadamente da Marcha que teve como tema ’10 mil pelos 10% do PIB para a educação’. Sem dúvida, a luta, mais do que justa, traz para a ordem de prioridades o que já é uma bandeira defendida há algum tempo por  educadores, o financiamento da educação com mais investimentos para um setor que consideramos prioritário para um projeto desenvolvimento com crescimento econômico,  distribuição de renda e políticas sociais voltadas para o bem estar do seu povo”, destacou Marilene Betros, membro da direção executiva da CTB, que também lembrou da importância de se conste do PNE que tramita no Congresso Nacional o percentual de 10% do PIB para a educação, alterando a proposta do PL  8.035/2010  que é de ampliar para 7%.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://portalctb.org.br/site/brasil/15640-ctb-marcha-com-professores-marcha-por-10-do-pib-para-educacao

INSS vai testar auxílio-doença sem perícia para afastamento de até 60 dias

O presidente do INSS, Mauro Hauschild, apresentou nesta semana o novo modelo de concessão de auxílio-doença, sem perícia, para afastamentos de até 60 dias. A nova regra começará a ser testada no ano que vem para valer em todo o país em 2013. Hoje, o exame é obrigatório em todos os afastamentos superiores a 15 dias.
A proposta, apresentada no Conselho Nacional de Previdência Social, em Brasília, vai tirar a perícia da maioria dos casos de doença ou acidente. A intenção é a de que o projeto comece até fevereiro na região Sul, em São Paulo e na Bahia.
Deverão ser beneficiados com a eliminação do exame os segurados que sofrerem pequenas fraturas, passarem por cirurgias ou por um pós-operatório ou estiverem com alguma doença infecciosa (tuberculose, por exemplo), segundo o presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos, Geilson Gomes.
Terão de passar por perícia no posto, na hora da concessão do auxílio, os segurados que sofrerem acidentes de trabalho (porque é preciso avaliar, por exemplo, a culpa da empresa), com sintomas que não caracterizem doenças específicas (mal-estar ou dores) ou com doenças originadas desde o nascimento ou na infância.

Fonte: Agora

Entradas Mais Antigas Anteriores