Trabalhadores e Correios chegam a acordo durante audiência do TST

Representantes dos trabalhadores e da Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos (ECT) alcançaram termos de um acordo nesta terça-feira (4) durante audiência de conciliação e instrução do dissídio coletivo no Tribunal Superior do Trabalho (TST). Se a proposta for aprovada em assembleia por pelo menos 18 dos 35 sindicatos filiados à Fentect, federação da categoria, a paralisação será encerrada em todo o país.

A proposta costurada nesta terça prevê reajuste de 6,87% a partir de agosto (data-base da categoria) e aumento linear de R$ 80, que permitiria um ganho acima da inflação, ocorreria a partir de outubro. Com isso, o abono de R$ 500 aventado pela empresa deixaria de fazer parte da proposta. Os Correios ofereciam inicialmente o reajuste a partir de janeiro e o aumento linear, de janeiro de 2012.
Sobre o impasse relativo aos dias de paralisação, a estatal aceitava descontar o valor de forma parcelada. Seis dos 21 dias já abatidos dos salários serão inicialmente devolvidos e posteriormente descontados em até 12 parcelas a partir de janeiro do ano que vem. O trabalhador que quiser, pode pagar antes.
Os demais 15 dias parados serão compensados com mutirões e períodos extras de trabalho, para colocar o serviço em dia após três semanas. Se a greve realmente acabar, no próximo fim de semana já pode haver expediente adicional.

Fonte: Contraf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: