Caixa melhora PLR e promete contratar

Os bancos também sentem na pele a força dos bancários durante a greve. Tanto que a Caixa, em negociação realizada na sexta-feira (14/10), apresentou uma proposta melhor ao Comando Nacional. Destaque para a valorização do piso e a contratação de 5 mil empregados até o final de 2012, iniciativa que reflete diretamente no atendimento ao cliente. Com a ampliação, seriam 92 mil trabalhadores na empresa.
Com relação à PLR Social, o banco propôs a manutenção do benefício, que distribui 4% do lucro líquido de forma linear para todos os funcionários – além da regra básica e parcela adicional da PLR acordada com a Fenaban. Esse valor será distribuído mesmo que, somado à regra da Federação Nacional dos Bancos, seja ultrapassado o limite de 15% do lucro do banco, previsto na convenção coletiva da categoria.
O reajuste oferecido pelo banco é o mesmo oferecido aos bancários da rede privada. Ou seja, 9% em todas as verbas e o não desconto dos dias parados na greve, que serão compensados até 15 de dezembro. A negociação conseguiu arrancar ainda avanços nas questões referentes à saúde do trabalhador e o Saúde Caixa.
PCS
Para atender a reivindicação de valorização do piso, a direção da Caixa apresentou proposta de mudança na tabela do PCS (Plano de Cargos e Salários). Pela regra, os novos concursados ingressariam no na empresa na Referência 202 e, depois de 90 dias, avançariam automaticamente para a 203.
Em outras palavras, o salário após o contrato de experiência passaria dos atuais R$ 1.637,00 (valor atual da referência 202) para R$ 1.826,00 (referência 203 com o reajuste de 9%). O reajuste do piso seria, portanto, de 11,55%.
Todos os empregados que hoje ocupam a referência 202, passariam automaticamente para a 203. O mesmo vale para a Carreira Profissional, na qual os pisos passariam a ser a referência 802 no ingresso, com valor de R$ 7.932,00 e a referência 803 após 90 dias de contratação, com o valor de R$ 8.128,00.
Outro ponto que merece destaque é o aumento de R$ 39,00 na tabela do PCS para os bancários que estão na tabela antiga. A medida é um importante passo na direção da superação das discriminações contra o pessoal que optou por permanecer no Reg/Replan não saldado.
Fonte: O Bancário
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: