Renato Rabelo reafirma: “eles não sabem com quem estão lidando”

PCdoB-RJ reafirma seu apoio a Orlando

A abertura da 17ª Conferência do PCdoB-RJ se tornou um grande ato de desagravo contra os ataques sofridos pelo ministro do Esporte, Orlando Silva, e o PCdoB, com mais de 500 pessoas lotando o auditório do Hotel Rio’s Presidente, na noite de sexta (21). O presidente nacional do Partido, Renato Rabelo, transmitiu o resultado da reunião de Dilma com Orlando, que recebeu da presidente a garantia da sua continuidade no cargo

O ministro Orlando Silva, que não pode estar presente ao ato, mandou uma carta especial para o PCdoB-RJ, onde reafirma que “não nos iludamos, o objetivo final é derrotar o projeto transformador liderado pela presidente Dilma. Não houve, não há e não haverá nunca ninguém capaz de nos intimidar”. (veja no final a carta na íntegra).

Leia também: Energia revolucionária

Apoio de Lula

Para Renato Rabelo, esse ato de “abertura da conferência do Rio de Janeiro acontece em um momento crucial da trajetória de 90 anos de nosso Partido, que também vamos comemorar no estado do Rio. Acabei de receber do ex-presidente Lula a solidariedade ao nosso Partido e ao ministro. Lula disse: ‘vocês têm que resistir, o ministro tem que resistir’”.
“O nosso ministro procurou responder às acusações de forma decidida, altiva e rapidamente, mostrando que não tem o que temer. O PCdoB não vai temer diante de uma montagem como essa, se intimidar, se dobrar. O PCdoB participou de todas as lutas importantes do Brasil, contribuiu de forma significativa nas lutas populares e diante desses ataques o nosso Partido se tempera e se une. O ministro merece toda a nossa confiança, todo o nosso apoio. Eles não sabem com quem estão lidando”, declarou Renato.

Apoio dos comunistas do Rio de Janeiro

A presidente estadual do PCdoB-RJ, Ana Rocha, ressaltou a importância desse ato de desagravo e apresentou uma moção de apoio ao ministro e ao PCdoB, onde destaca que em “face aos ataques que a mídia hegemônica tem, nos últimos dias, desfechado contra o ministro e o Partido, os comunistas do Rio de Janeiro não têm quaisquer dúvidas em afirmar que tais ataques visam atingir uma força política que tem crescido e ampliado sua influência”. (veja no final a moção na íntegra).

Partidos levam seu apoio a Orlando

O ato contou com a presença de diversas personalidades sociais do mundo político. Enviaram representantes o PMDB, PDT, PRB, PT, PSB, PPL e PRB. O deputado federal Edson Santos (PT), declarou toda sua solidariedade ao ministro Orlando. O presidente estadual do PMDB, Jorge Picciani, também demonstrou sua confiança no ministro e disse que o PCdoB não tem nada a temer e que o governo Dilma não pode recuar. “O PMDB tem orgulho de ter o PCdoB como um aliado no Rio de Janeiro”.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=166898&id_secao=1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: