Dilma anuncia R$ 1,6 bilhão para mobilidade urbana em Salvador

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Grandes Cidades para a Região Metropolitana de Salvador (RMS) foi anunciado pela presidente Dilma Roussef na tarde desta sexta-feira (18), no auditório Itapuã do Bahia Othon Palace, em Ondina, com a presença do governador Jaques Wagner. Serão investidos, por meio do PAC Grandes Cidades, R$ 1,6 bilhão na construção da Linha 2 do metrô (Aeroporto-Rótula do Abacaxi).
O investimento para todo o país é de R$ 30 bilhões em mobilidade, sendo R$ 18 bilhões para o PAC Mobilidade Grandes Cidades, que atende a cidades com mais de 700 mil habitantes, e outros R$ 12 bilhões relativos ao PAC Copa. “O governo federal investirá R$ 1 bilhão do seu orçamento e o governo estadual R$ 600 milhões. Este investimento é fundamental para que, da estação do Bonocô até o aeroporto, nós tenhamos um trânsito mais rápido”, explicou Dilma Rousseff.
Para a presidente, “não seria possível fazer o PAC Grandes Cidades sem colocar o foco em Salvador, que, de fato, hoje, é uma das grandes concentrações populacionais do Brasil, com 2,7 milhões de pessoas e cerca de 680 mil veículos”.
Ela disse que a retomada de investimentos no metrô é importante para o desenvolvimento do país, principalmente nos grandes centros urbanos. “O Brasil, na década de 80, considerava o metrô um investimento muito caro. Houve uma proliferação de alternativas, que não resolveram o problema quando se trata de grandes concentrações populacionais. É uma visão que nós não podemos continuar compactuando. O governo considera os metrôs uma alternativa urbana para as grandes cidades brasileiras”.

Captação de recursos

Segundo o governador, os R$ 600 milhões de contrapartida do Estado serão captados nas linhas de financiamento oferecidas pelo governo federal. “Nós acabamos de assinar, há duas semanas, com a própria presidenta e com o ministro da Fazenda, a ampliação em R$ 3,1 bilhões do limite de endividamento do Estado. Já estou com outro empréstimo sendo analisado no Ministério do Planejamento, da ordem de R$ 1,1 bilhão, junto ao Banco Mundial, isso tudo para fazer investimentos em infraestrutura, estradas e logística”.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://www.seplan.ba.gov.br/exibePrincipal.php?varCodigo=3443

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: