Ação contra jogo do bicho no Rio apreende 7 carros de luxo

Dinheiro apreendido em ação contra o jogo do bicho no Rio de Janeiro

A polícia apreendeu nesta quinta-feira sete carros de luxo durante operação contra a cúpula do jogo do bicho no Rio. Dos veículos apreendidos, três pertencem a Luizinho Drumond, presidente da Imperatriz Leopoldinense, e à esposa dele, que não teve o nome divulgado.

A polícia apreendeu um Cadillac SRX4 e um Ford Fusion na casa de Drumond, em Camboinhas, na região oceânica de Niterói (RJ). O terceiro carro, um Range Rover, foi localizado no estacionamento do aeroporto Santos Dumont, no centro da capital fluminense.

As investigações apontam que Luizinho Drumont saiu do Estado na noite de quarta-feira. Ainda não há informações sobre o paradeiro dele.

Até o início da tarde de hoje, 37 suspeitos haviam sido presos. Entre eles, está o ex-prefeito de Teresópolis (região serrana), Mário Tricano.

Cerca de R$ 500 mil foram apreendidos em dinheiro, sendo R$ 115 mil no barracão da escola de samba Beija Flor –vencedora do último Carnaval.

Os carros importados apreendidos foram levados para a Acadepol (Academia de Policia do Rio), no Estácio (zona norte). Segundo a polícia, também houve a apreensão de grande quantidade de joias e documentos que comprovam o envolvimento dos acusados na máfia do jogo do bicho.

Batizada de Dedo de Deus, a ação visa cumprir 60 mandados de prisão. Até o final da manhã, 126 mandados de busca e apreensão haviam sido cumpridos no Rio e nos Estados de Pernambuco, Maranhão e Bahia.

De acordo com o Ministério Público, 34 suspeitos foram presos no Rio, um em Salvador, um no Maranhão e um em Recife.

Por volta das 14h, advogados tentavam ter acesso aos presos na Acadepol (Academia de Polícia do Rio). “Não sei o que está acontecendo. Não tive acesso ao preso. Não tive acesso ao mandado de prisão, a denúncia, a nada”, disse o advogado Cláudio Serpa, que defende João Antônio de Oliveira –preso em sua casa no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio.

PROCURADOS

Entre os suspeitos procurados estão Aniz Abrãao David, presidente de honra da escola de samba Beija-Flor, Luizinho Drumond, presidente da Imperatriz Leopoldinense e Helinho de Oliveira, presidente da Grande Rio.

As investigações sobre o caso começaram há um ano na cidade de Teresópolis (região serrana) e foram coordenadas pela Corregedoria Interna da Polícia Civil.

Segundo a corporação, dois policiais militares do Rio e um guarda municipal de Duque de Caxias (Baixada Fluminense) foram presos sob suspeita de participar do esquema criminoso. Um policial civil, que não teve o nome divulgado, continua foragido.

No início da manhã, policiais civis desceram de helicóptero e invadiram a cobertura de Aniz Abrãao, na avenida Atlântica, em frente à praia de Copacabana, zona sul da cidade. Abrãao, porém, não foi encontrado.

A polícia informou que o advogado dele, Ubiratan Guedes, disse que seu cliente vai se entregar. Guedes nega que Abrãao tenha envolvimento com a máfia do jogo do bicho e dos caça-níqueis.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: