Venezuela prevê queda de desemprego e pobreza extrema em 2012

O governo da Venezuela estima que o crescimento da economia ajudará que as taxas de desemprego e de extrema pobreza sofram queda em relação a 2011 e que fiquem em 5% e 3,5%, respectivamente. 

“No ano passado os trabalhadores com ocupação chegaram a 3,85 milhões de pessoas”, afirmou o presidente do Instituto Nacional de Estatística (INE), Elias Eljuri, durante uma entrevista à emissora estatal.
De acordo com Eljuri, as políticas econômicas operadas pelo governo do presidente Hugo Chávez “permitiram aumentar estes índices e gerar estabilidade [no país]”.
O presidente do INE destacou que o emprego formal subiu de 45% para 56% entre 1999 e 2011, mesmo período em que a ocupação informal caiu de 50% para cerca de 44%.
Ele ainda observou que a perspectiva para este ano é que o crescimento econômico continue. “A maioria dos setores produtivos na Venezuela cresceu”, disse.
Apesar disso, Eljuri confirmou que a inflação continua sendo um problema para a economia do país. “Esse é um elemento que temos que aprofundar a luta”, acrescentou.

Fonte: Ansa via Vermelho (http://www.vermelho.org.br/)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: