Dados do IBGE contradizem os banqueiros

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou dados sobre as tarifas bancárias mais usadas pelos consumidores. O curioso é que eles contradizem aqueles informados pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos), em janeiro deste ano.
O Instituto calculou os números de forma clara e aprofundada, ao contrário dos bancos que não divulgaram nem a metodologia utilizada no cálculo. Segundo as informações, o montante acumulado entre janeiro e setembro de 2011, pelas cinco maiores organizações financeiras do Brasil, aumentou em média 13,52% em relação ao mesmo período de 2010.
Os banqueiros dizem que, das 29 tarifas mais usadas, dez aumentaram, sendo apenas uma acima da inflação. Além disso, duas teriam caído e 17 ficaram inalteradas. Apesar dos incríveis lucros, altas tarifas e os maiores juros do mundo, os bancos não oferecem serviços de qualidade para a população.
Segundo informações do boletim de 2011 da Sindec (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor), das 20 empresas que possuem mais reclamações oito são do setor financeiro. O Itaú aprece em primeiro lugar com 81.946 queixas, seguido do Bradesco em quarto, Santander em sétimo e Banco do Brasil em nono. A Caixa, BMG, Citibank e HSBC também fazem parte da lista.
Fonte: O Bancário
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: