Geração de empregos em 2011 ficou abaixo da meta

O Brasil fechou o ano de 2011 com um saldo de empregos bem abaixo das primeiras projeções do governo, que eram de 3 milhões de novos postos de trabalho. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged), foram criados 1,94 milhão de postos de trabalho no ano passado, resultado 23% menor do que em 2010.

A indústria de transformação foi o setor que teve uma das maiores baixas na geração de empregos na comparação com 2010. No ano passado, foram gerados 215.472 postos de trabalho no setor, contra 544.367 em 2010. Isso representa uma variação de pouco mais de 50% na comparação entre os dois anos.
De acordo com o economista da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Marcelo Azevedo, entre os fatores que fizeram a indústria recuar no ano passado estão a queda na demanda interna, a crise financeira internacional e a concorrência com os produtos importados.
“Nossos produtos manufaturados ainda encontram dificuldades nos mercados [externos por conta da crise]. O mercado doméstico, que segurou a demanda num primeiro momento, não está mais com o mesmo fôlego. Se naquele momento, o consumo, que estava crescendo forte, estava sendo suprido por produtos importados, isso não mudou. E a indústria está sentindo isso agora”, explicou.

Leia matéria completa clicando no link abaixo:

http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=174048&id_secao=2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: