Negociação com HSBC frustra bancários

Frustrada. Assim foi a primeira rodada de negociação deste ano com o HSBC, ocorrida nesta terça-feira (31/01), em São Paulo. Os trabalhadores esperavam que o banco, efetivamente, apresentasse avanços em relação ao pagamento do PPR/PSV, o que não ocorreu.
Embora reconheça as lacunas, a organização financeira informou que não pode alterar o programa de 2011. Um absurdo, já que muitos bancários não recebem PPR/PSV. Como o programa próprio é compensado na PLR (Participação nos Lucros e Resultados), em muitos casos, vale apenas esta remuneração.
Além disso, os empregados reivindicam um pagamento mínimo a todos, independentemente do desempenho, negociação direta com o movimento sindical e não mais somente da comissão interna indicada pelo banco e o fim das metas.
Apesar da importância, por conta do tempo, pontos como Emprego, Saúde e Condição do Trabalho e Previdência Complementar, presentes na pauta, não puderam ser debatidos. Os dirigentes vão procurar o HSBC para definir um calendário de reuniões, a fim de marcar as datas das mesas de negociação, o mais breve possível.
Fonte: O Bancário
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: