Santander desrespeita e retira benefícios dos funcionários

O Santander comete mais um absurdo contra os funcionários. Sem qualquer motivo, o banco, que em 2011 lucrou R$ 7,7 bilhões, reduziu a concessão do auxílio-academia. Agora o bancário que ganha acima de R$ 3 mil não pode ter o reembolso de 50% do valor da mensalidade.
Para piorar, a empresa ainda discrimina. Quem trabalha nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e no Distrito Federal tem limite de R$ 60,00 e nos demais estados, inclusive a Bahia, R$ 50,00. Os bancários não entendem o porquê da diferenciação.
A medida ainda pegou todos de surpresa, principalmente porque o auxílio consta na cartilha de benefícios do banco, distribuída em 2009 durante o processo de fusão com o Real. Tem mais, a lucratividade da empresa cresceu 5,1% ante 2010. O resultado mostra que a atitude do Santander não tem justificativa, sendo, portanto, um abuso.
A pressão agora é para que o banco espanhol volte atrás e garanta o auxílio-academia para os funcionários, independentemente do salário. O limite do desconto também tem de ser igual, afinal os bancários de todos os estados são peças fundamentais para o bom desempenho da empresa.
Fonte: O Bancário
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: