Itaú é líder em reclamações e demissões

O Itaú fechou mais de quatro mil postos de trabalho em 2011, gerando uma queda significativa na qualidade dos serviços prestados. O resultado, claro, não podia ser outro. A empresa, líder em demissões e em lucratividade, no ano passado foram R$ 14,6 bilhões, é também campeã em queixas no Procon.
Somente em 2011, o maior banco privado do país obteve 81,9 mil reclamações. A empresa aparece à frente da Oi, com 80,8 mil queixas, Claro-Embratel (70,1 mil) e Tim-Intelig (27,1 mil). Durante todo o ano, o órgão de defesa do consumidor registrou 1,6 milhão de reclamações.
Os números revelam um dado importante. Parte do lucro do Itaú vem da redução do quadro de funcionários com conseqüente queda da folha de pagamento que diminuiu 13,4%, cerca de R$ 215 milhões.
O pior é que a empresa já deu mostra de que a estratégica será mantida neste ano. A direção do banco informou que a intenção é fazer economia para reduzir o índice de eficiência, atualmente em 47,8%, para 41%.
O percentual estabelece a relação entre receitas e despesas. O Itaú gasta R$ 47,80 para cada R$ 100,00 faturados. A organização financeira admite que se tivesse conseguido o índice de eficiência de 41% em 2011, teria acrescentado mais R$ 3 bilhões ao lucro.
Fonte: O Bancário
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: